Degenerescência Macular Ligada à Idade

A Degenerescência macular ligada à idade, ou DMI, é um distúrbio físico da parte central da retina chamada mácula. A mácula é a parte do olho responsável pela melhor visão, que é o que usamos para ler, dirigir e executar outras atividades que requerem uma visão nítida e clara.

 

Existem dois tipos de DMI:

 

Degenerescência macular seca: pequenos depósitos amarelados, conhecidos como drusen, acumulam-se sob a mácula. Esses depósitos acabam por causar alterações nas células da visão, degradando-as lentamente. Há uma perda gradual da visão que é acentuada ao longo do tempo. Essa é a forma mais frequente de DMI.

Degenerescência macular húmida: Novos vasos sanguíneos começam a se desenvolver em áreas da mácula onde não deveriam estar. Isso produz danos rápidos na mácula que podem causar perda de visão num curto período de tempo. Este tipo de DMI, embora muito menos frequente, causa severa perda de visão.

A Degenerescência macular é mais comum em pessoas com mais de 65 anos. Pessoas brancas, mulheres e fumadores tendem a ter uma maior incidência da doença. A maioria dos casos de degenerescência macular está relacionada com a idade.

 

Sintomas da DMI

 

Nos estadios iniciais, a DMI permanece praticamente despercebida e só pode ser detectada por um exame oftalmológico com a pupila dilatada, que pode revelar a acumulação de drusas. No entanto, à medida que a DMI progride, os drusens interrompe a capacidade das células da visão de transportar nutrientes essenciais para a mácula, causando sintomas visíveis, como:

  • Visión borrosa
  • Una zona oscura o vacía en el área central de la visión
  • Distorsión de las líneas rectas

Tratamientos de la DMAE

Como la visión periférica no se ve afectada, muchas personas con DMAE seca siguen llevando un estilo de vida normal con ayuda de dispositivos ópticos para baja visión, como lentes de aumento.

La DMAE húmeda se trata con medicamentos inyectables, cirugía láser que permite sellar las fugas de los vasos sanguíneos o ambos. Estas intervenciones suelen ser breves e indoloras; se realizan de forma ambulatoria y permiten ralentizar y, en ocasiones, hasta invertir, la progresión de la degeneración. No obstante, en el punto de contacto del láser queda una pequeña mancha oscura permanente.

En la actualidad, no hay tratamientos para la DMAE seca, aunque se ha constatado que evitar factores de riesgo, como fumar, y llevar una dieta equilibrada junto con la ingesta de ciertos complementos nutricionales podría ralentizar su progresión en los pacientes con mayor riesgo.

Esta información no pretende servir para diagnosticar, tratar, cuidar o prevenir ninguna enfermedad. Si sospecha que su salud ocular pudiera estar afectada, le recomendamos que visite a un profesional de la salud ocular para que efectúe el diagnóstico y le ofrezca el tratamiento más adecuado para usted.

 

Questões?

Online Beratung - form

Online Beratung - page